lunes, 13 de septiembre de 2010

Voyeur

Chacal

Gosto da janela, de você e da TV
de você que é amarela, dá beijinho e é em 3D
da TV quando aparece a Regina, a Soninha ou a Maitê
da janela, d'olhar dela
 
só que você não tem moldura
é a completa loucura
você não tem fim, não tem meio nem começo

você chega assim como quem não quer nada
faz piada, arrepia e arrebata
esse seu
volúvel espectador

.................................
Poesía para decir en la calle, predecesora de los 140 caracteres. Del libro Comício de tudo, 1987.

No hay comentarios: